Área Exclusiva: 
Esportes - Criticado, Daniele De Rossi admite: ''Por pouco não saí da Roma''
04/10/2013
Criticado, Daniele De Rossi admite: ''Por pouco não saí da Roma''

Alvo de diversas sondagens durante a última janela de transferências europeias, Daniele De Rossi afirmou, pela primeira vez, que esteve perto de deixar a Roma, clube que defende desde o início de sua carreira. Em entrevista à Sky Sport Italia, o meia disse que a derrota para a Lazio no final da Copa Itália da última temporada o fez mudar de ideia.


"Teve muita conversa sobre minha possível saída no verão (inverno brasileiro). Quando falei com o treinador e o clube, como gosto de ser muito claro, pela primeira vez disse que estava disposto a ouvir qualquer oferta. Eu iria ouvi-las e avaliá-las, algo que nunca tinha feito, pois sempre recusava todas as propostas, sem nem ouvir de quem era", explicou De Rossi.


Chamado de 'futuro capitão' pelos romanistas, Daniele De Rossi sempre foi visto como o jogador que seguiria os mesmos passos de Francesco Totti. Assim como o camisa 10, o meia jogou apenas na Roma e é considerado o dono da braçadeira quando o atual capitão se aposentar. Apesar da idolatria, as últimas temporadas apagadas, junto com as fracas campanhas do clube da capital, fizeram com que a torcida da Roma passasse a criticar De Rossi e pedir sua saída.


"Este ano senti que poderia ser o ano certo para uma mudança ou ao menos ouvir o que vinha de fora. Como vocês sabem, as últimas temporadas não foram boas e eu queria o melhor para mim e acima de tudo - e eu digo, acima de tudo - para a Roma. Ser jogador da Roma e não fazer os torcedores felizes, e nem todos concordando que você deveria estar lá, é um golpe muito forte para mim", admitiu De Rossi.


No dia 26 de maio de 2013, Roma e Lazio decidiram pela primeira vez uma Copa Italia. A partida terminou com a vitória do time azul por 1 a 0 e gerou uma crise nos lados romanistas da capital. A derrota, inclusive, foi um dos motivos que fez De Rossi permanecer no clube que defende desde o início da carreira.


"Havia muita coisa que não estava indo bem na Roma, mas para mim tinha algo ainda mais importante. Eu não podia suportar o fato de que minha última partida seria uma derrota para a Lazio na Copa Itália. Eu poderia me imaginar em qualquer time do mundo, levantando qualquer troféu, mas pensar que meu último jogo pela Roma foi um derby perdido era um jeito errado de terminar uma das maiores histórias de amor entre um clube e um jogador. Eu não poderia fazer isso."


Além do derby perdido, a chegada do técnico Rudi Garcia foi apontada por De Rossi como motivo para sua permanência. Segundo ele, o comandante passava uma confiança que o meia não via nos outros.


"Eu acreditava e sentia que ele (Rudi Garcia) me via como um de seus jogadores, enquanto o resto do mundo dizia o contrário. Se você ler os jornais e sites dessa época, as pessoas achavam que era fato que eu estava em outra cidade fechando um grande contrato", completou.


Se as últimas temporadas não foram boas para a Roma, a atual não há motivos para reclamação. Depois de seis partidas na Serie A TIM, a equipe venceu todas e lidera a competição com 18 pontos, dois a mais que Napoli e Juventus.


Neste sábado (5 de outubro), a equipe da capital visitará a Inter de Milão e o FOX Sports transmitirá a partida ao vivo e com exclusividade.

Fonte: Fox Sports

Mais de Esportes

Ver Todas

Parceiros

Ver [+]

Apoio: